barbeirinho

BARBEIRINHO: LETRA E VERSO DA GRANDE RIO

Por Clara Crível.

Apreciadores do samba e do carnaval conhecem o refrão: "Imponho sou Grande Rio, amor / Dando um banho de cultura, eu vou / Pro abraço da galera, me leva / Lindo como o pôr do sol eu sou" que marcou o desfile da Grande Rio em 1996. Estes versos são de um dos oito sambas da escola de Duque de Caxias de autoria de João Antônio dos Santos, o Barbeirinho.

Nascido em 1949, começou a cantar na igreja ainda na adolescência e ganhou o apelido por ter trabalhado como barbeiro. Ingressou na Acadêmicos da Grande Rio, onde foi o maior vencedor de sambas-enredo, sendo sempre fiel à escola. Também compôs o Hino da Guarda Municipal de Duque de Caxias.

Faleceu em 2013, aos sessenta e quatro anos, deixando sambas ainda inéditos, segundo sua família.

barbeirinho.jpg