Sobre

A Rede Cultural Duque de Caxias é um mapeamento da arte, cultura e economia criativa de Duque de Caxias disponibilizado neste site, inaugurado em 20 de janeiro de 2021, que também divulga notícias, eventos, editais, entrevistas e resgata a história do município.

A ideia de rede vem da noção de que estamos todos de alguma forma interconectados em relações materiais, digitais e culturais. Portanto, trata-se de um (re)conhecimento de nós agentes culturais artistas, artesãos e empreendedores de Duque de Caxias.

 

O site também funciona como uma vitrine gratuita onde agentes culturais do município (residentes ou não) possam ter a possibilidade de divulgar e dar publicidade a seus trabalhos e trajetórias, sejam os  artistas individuais, grupos, coletivos, empresas ou empreendimentos, com o intuito de fortalecer as redes artístico-culturais e movimentar a economia criativa do município. A principio foram pensadas as categorias Artes Plásticas, Artes Visuais, Artesanato, Audiovisual, Circo, Dança, Festivais, Fotografia, Literatura, Música, Teatro, porém poderão ser acrescentadas outras conforme a demanda.

O cadastro no site é gratuito. Os artistas que desejarem ter seus trabalhos expostos no site deverão assinar declaração cedendo sua foto para o site e se responsabilizar pelos dados fornecidos, que poderão ser constantemente atualizados mediante contato. Basta preencher o formulário com seus dados e redes sociais profissionais ou enviar um e-mail para redeculturaldc@gmail.com para esclarecer quaisquer dúvidas.

Acesse o formulário: https://forms.gle/dCBMAX5xHXvVkh718

Divulgue esta iniciativa e ajude a difundir a arte e cultura de Duque de Caxias!

Esta Realização contou com o auxílio da Prefeitura de Duque de Caxias através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo com recursos da Lei Aldir Blanc do Governo Federal.

Realizadora: Clara Crível

Formei-me como Técnica em Publicidade pelo Colégio Flama.

Sou atriz desde 2016. Formei a Cia. Harpia no ano seguinte a partir de um coletivo de estudantes egressos do Teatro Municipal Armando Mello e do Teatro Municipal Raul Cortez, contribuindo com a arte teatral em Duque de Caxias, além de ter sido apoiadora do Festival Nacional de Teatro de Duque de Caxias.

 

No mesmo ano, formei-me no Instituto Nossa Senhora do Teatro onde mantive minha formação nos anos seguintes. Desde 2017 integro o coletivo Os Amoladores de Facas que realizou apresentações importantes na mostra paralela do Festival Nacional de Teatro de Duque de Caxias e na Mostra Aslucianas, tendo sido indicado por este aos prêmios de Produção, Cena Dramática, Temática e Musicalidade.

 

Também integrei o grupo de teatro Celeiro das Artes. Desde 2018, participo do projeto Cena ao Redor do Sesc Paraty, a partir do qual fiz apresentações em Paraty e Barra Mansa.

 

Tive passagem como estudante pela Casa das Artes de Laranjeiras. Estudei direção, assistência de direção e direção de arte na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. No setor audiovisual, realizo curtas-metragens de forma independente.

Escrevi as peças Os Amoladores de Facas e O Megero Domado, coletivamente, com os integrantes dos respectivos grupos.

Também sou produtora e realizei produções teatrais no Teatro Raul Cortez e o Sarau Ubuntu no espaço PEGA, no município caxiense nos anos de 2018 e 2019. Estive na produção do FESTIN – Paty do Alferes, em 2019.

No campo literário, possuo o conto Sedução publicado na antologia Fiat Voluntas Tua, em 2009, pela editora Multifoco. Trabalhei como livreira e cdzeira na Livraria da Travessa e fui mediadora do Clube de Leitura da mesma, que funcionava nas suas filiais, no CCBB/RJ e no Museu do Amanhã.

Ao longo de 2018, desenvolvi com a Cia. Harpia um processo de pesquisa da obra O Cortiço, para montagem de peça teatral, orientando oficinas aos integrantes, dirigindo e atuando. Este processo se desdobrou na performance solo Rita Baiana, com linguagem teatral transposta para o formato audiovisual. Em agosto de 2020, fui contemplada com o Prêmio Paullo Ramos da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Duque de Caxias pela produção de Rita Baiana.

Neste mesmo ano fui contemplada com o edital de fomento do município de Duque de Caxias com recursos da Lei Aldir Blanc pelo site e projeto Rede Cultural Duque de Caxias.

Ainda em 2020 lancei as bases para a minha produtora independente Crível Produções, tornada oficial neste ano de 2021.

Sou formada em História pela Universidade Federal Fluminense (2014) e atualmente curso bacharelado em Produção Cultural no IFRJ Campus Nilópolis.